Gage brazuca

Ele tinha 25 anos quando sofreu um acidente de trabalho, em 1848, em Vermont (Estados Unidos). O jovem Phineas Gage, operário da construção de uma ferrovia, teve uma barra de ferro de 2,5cm de diâmetro atravessada em seu crânio, o que destruiu um de seus olhos e lesionou o seu córtex pré-frontal, área do nosso cérebro relacionada às emoções. Gage sobreviveu, mas, segundo seus amigos e familiares, não era mais Gage. O acidente do qual supostamente escapara ileso convertera-lhe numa pessoa indisciplinada, petulante,  indiferente e de linguajar chulo, e o rapaz logo passou de herói sobrevivente a marginalizado e incompreendido, morrendo 13 anos depois no mais puro esquecimento. Triste fim para Gage, feliz contribuição para as neurociências.

No dia 28 de março de 2009, o Brasil conheceu um possível Phineas Gage canarinho que, por uma questão de milímetros, ainda atende pelo nome de Emerson de Oliveira Abreu. O mergulhador de 36 anos teve o seu crânio perfurado pelo próprio arpão e, assim como Gage, sobreviveu. A peça atingiu a região frontal direita de seu cérebro e, segundo especialistas, não causou nenhuma lesão que possa vir a ocasionar prejuízos motores ou visuais, embora haja risco de danos olfativos.

Lesão sofrida por Gage
Lesão sofrida por Gage
Lesão sofrida por Abreu
Lesão sofrida por Abreu

Enquanto aguardo ansiosamente por novas notícias, fico aqui me perguntando se o Brasil ganhará um novo desbocado para substituir Clodovil.

Fontes:

1 2 3 4

Anúncios

Uma resposta

  1. Clodovil é insubstituível, heheehehe… Só o Agnaldo Timóteo que discorda =P

    Muito legal essa história do Gage, porém triste.

    Neurociência realmente é bem legal, pelo que tou vendo por aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: